Agostinho Neto

Nome completo
António Agostinho Neto
Nome de guerra / Pseudónimo
Kilamba
Manguxi
Sexo
Masculino
Local de nascimento
Kaxicane (Icolo e Bengo)
Data de nascimento
Data da morte

Nacionalista, poeta, líder político, preso várias vezes até evadir-se de Portugal, tornou-se presidente do MPLA e proclamou, em 11 de Novembro de 1975, a independência de Angola.  

Nascido no seio de uma família da Igreja Metodista, fez os estudos primários e secundários em Kaxicane e Luanda, concluindo o Liceu em 1944. De 1947 a 1959 esteve em Portugal onde terminou a licenciatura em Medicina mas também se envolveu na política anti-salazarista e anticolonial. Foi detido em 1952 e de 1955 a 1957, quando pertencia ao Movimento de Unidade Democrática (MUD-Juvenil). Foi co-fundador do Centro de Estudos Africanos, do Clube Marítimo Africano e do Movimento Anti-Colonial (MAC). Casou com Maria Eugénia Neto, com quem teria três filhos, e regressou a Angola em 1959. Detido em 1960, quando organizava a primeira direcção do MPLA em Luanda, foi enviado para Portugal, desterrado para Cabo Verde, novamente enviado para Portugal sob prisão e, depois, com residência fixa. Em 1962, com o apoio do Partido Comunista Português, fugiu para Marrocos e juntou-se à direcção do MPLA no então Congo-Léopoldville, sendo eleito Presidente na Conferência Nacional, em Dezembro. Durante os 13 anos da luta armada, que alastrou do norte ao leste do território angolano, Neto dirigiu a luta política, diplomática e militar desse Movimento. Em 1974, após a queda do fascismo em Portugal e um fracassado "Congresso de Lusaka" com as duas dissidências surgidas no MPLA, foi reconduzido a Presidente em Setembro, durante a Conferência Inter-Regional de Militantes (no Lundoji, Moxico). Reconhecido o direito à independência e acordado o cessar-fogo com Portugal em Outubro, o MPLA assinou em Janeiro de 1975 o "Acordo de Alvor" com Portugal, a FNLA e a UNITA. A 4 de Fevereiro Neto foi apoteoticamente recebido em Luanda e a 11 de Novembro, já em situação de guerra, proclamou a Independência de Angola, tornando-se o seu 1º Presidente. Foi Chefe de Estado, durante cerca de quatro anos, da nova República Popular de regime monopartidário, enfrentando agressões externas e conflitos internos. Faleceu em Moscovo (ex-URSS), por doença, em Setembro de 1979.

Documentos referenciados

A mostrar 10 resultados de 1533

Resposta de Agostinho Neto a Higino Aires

Cota
0001.000.017
Tipologia
Correspondência
Data
1951
Impressão
Manuscrito
Imagens
1
Fundo
Arquivo Lúcio Lara

Fotocópia da resposta de Agostinho Neto a Higino Aires (documento do ANTT - Arquivo Nacional da Torre do Tombo, Lisboa).

Carta de Higino Aires a Agostinho Neto

Cota
0001.000.016
Tipologia
Correspondência
Data
Impressão
Dactilografado
Imagens
7
Fundo
Arquivo Lúcio Lara

Fotocópia da carta de Higino Aires a Agostinho Neto (documento do ANTT - Arquivo Nacional da Torre do Tombo, Lisboa).

Carta de António Jacinto a Agostinho Neto

Cota
0001.000.018
Tipologia
Correspondência
Data
Impressão
Dactilografado
Imagens
4
Fundo
Arquivo Lúcio Lara

Fotocópia da carta de António Jacinto a Agostinho Neto. Resposta à carta de Neto de 13 de Dezembro 1951 (documento do ANTT - Arquivo Nacional da Torre do Tombo, Lisboa).

Casa dos Estudantes do Império de Coimbra

Cota
1007.001.009
Tipologia
Fotografia
Data
1952
Locais
Coimbra
Portugal
Fundo
Arquivo Lúcio Lara
Casa dos Estudantes do Império de Coimbra (1952). De pé, Campos Dias, Figueira, Forte Faria, Lúcio Lara, Agostinho Neto. Agachados, Carlos Mac Mahon V. Pereira e Campino.

Casa dos Estudantes do Império de Coimbra

Cota
1007.001.010
Tipologia
Fotografia
Data
1952
Locais
Coimbra
Portugal
Fundo
Arquivo Lúcio Lara
Casa dos Estudantes do Império de Coimbra (1952). Entre outros, Campos Dias, Figueira, Forte Faria, Lúcio Lara, Agostinho Neto, Carlos Mac Mahon V. Pereira e Campino.

Poemas de Agostinho Neto

Cota
0008.000.067
Tipologia
Texto Literário
Data
1955 / 1959 (estimada)
Impressão
Dactilografado (2ª via)
Imagens
6
Fundo
Arquivo Lúcio Lara

«Feu et Rythme», «Aspiration», «Adieu à l’heure du départ», «Nuit de Géole» (Poemas de Agostinho Neto, anos 1950)

Quatro poemas de Agostinho Neto

Cota
0003.000.022
Tipologia
Texto Literário
Data
1957
Impressão
Impresso
Imagens
8
Fundo
Arquivo Lúcio Lara

Desdobrável com Quatro poemas de Agostinho Neto (Quitandeira; Um bouquet de rosas para ti; Minha mãe; Um aniversário - Maio 1957)

Casamento de Maria Eugénia com Agostinho Neto

Cota
1007.001.008
Tipologia
Fotografia
Data
Locais
Lisboa
Portugal
Fundo
Arquivo Lúcio Lara

Casamento de Maria Eugénia com Agostinho Neto (Lisboa, 27 de Outubro de 1958). Além dos noivos, os padrinhos Lúcio e Ruth Lara, Ernesta e Ivo Loio e Paulo Lara.

Carta de Lúcio Lara para "Cher ami" Lisboa

Cota
0006.000.021
Tipologia
Correspondência
Data
Impressão
Manuscrito
Imagens
2
Fundo
Arquivo Lúcio Lara

Manuscrito de carta de Lúcio Lara (Alemanha) para “Mon cher ami” (José Maria Magalhães / Amílcar Cabral) propondo a fuga de Zé Maria /José Maria Neves (provavelmente Agostinho Neto) para o exterior. A carta foi respondida a 6 de Junho (cota 0006.000.033).